RECEITAS REMÉDIOS NATURAIS

Hipoglicémia: diminuição do nível de açúcar no sangue

Um nível de açúcar no sangue anormalmente baixo, que causa uma diminuição de energia corporal e cerebral e pode levar a uma fadiga extrema, ao coma e à morte. Uma sensibilidade ao seu próprio nível de insulina, que causa uma produção de insulina de tal modo excessiva que o organismo necessita de uma maior quantidade de açúcar, e daí os apetites irresistíveis de açúcar. Um nível de insulina elevado retira uma quantidade excessiva de açúcar do sangue, diminuindo a glicémia até níveis anormalmente baixos.

CAUSAS Hipoglicémia

  • Consumo excessivo de alimentos que contêm açúcar.
  • Insensibilidade e produção excessiva de insulina pelo pâncreas, causadas por uma falha das ilhotas pancreáticas.
  • Aumento demasiado rápido de açúcar no sangue, causando uma diminuição acelerada de glicémia.
  • Os diabéticos que tomam insulina devem ter o cuidado de controlar a dose, para evitar a diminuição excessiva da glicémia e o coma hipoglicémico.

LER ARTIGO COMPLETO »»

Como Baixar o Colesterol de forma Natural

Depois da primeira parte de mostrarmos como poderá baixar de forma natural os níveis do seu colesterol, segue o segundo artigo.

Baixar o Colesterol de forma Natural

Se gosta de comer nozes, acrescente-as aos cereais ou introduza-as nos “muffins” ou nos crepes, ou ainda noutros pratos mexidos ou salteados ao lume.

Um estudo demonstrou que as nozes permitem reduzir as taxas de colesterol no sangue em 10% ou mais do que um regime alimentar já fraco em substâncias gordas e em colesterol.

Embora as nozes sejam ricas em gorduras, estas gorduras são todavia poli-insaturadas e fazem baixar a taxa de colesterol.

LER ARTIGO COMPLETO »»

Como baixar o colesterol naturalmente (pt1)

Se pensa não ter que se preocupar com o colesterol porque não tem qualquer problema cardíaco, talvez fosse conveniente pensar um pouco. Este artigo será a primeira parte de algumas dicas sobre como baoi

Segundo o INSERM (Instituí National de la Santé et de la Recherche em França), 29% das mortes masculinas e 37,5% das mortes femininas em França (números de 1990) são atribuíveis a problemas circulatórios. Em Portugal, em 1995: 22,6% da mortalidade total foi devida a doenças vasculares cerebrais e 16,5% a doenças do coração.

Está, portanto, bem estabelecido que uma taxa de colesterol elevado constitui um dos factores chave, implicados neste género de problemas.

Ora, uma grande percentagem dos adultos com mais de 20 anos apresentam taxas de colesterol consideradas elevadas ou quase demasiado elevadas.

LER ARTIGO COMPLETO »»

Para que serve o Magnésio

O magnésio desempenha um papel importante em praticamente todos os sistemas do organismo. Com efeito, quanto mais informações os investigadores conseguem retirar acerca dos seus poderes, mais o magnésio surge como um elemento milagroso, com capacidade para:

  • reduzir a tensão arterial e as taxas elevadas de colesterol,
  • ajudar a prevenir o cancro e a diabetes,
  • preservar a saúde do coração e dos pulmões,
  • aliviar os sintomas do SPM (síndroma pré-mestrual)
  • eliminar as dores de cabeça,
  • reduzir o stress,
  • tonificar os músculos.

Os médicos dão mesmo injecções de magnésio às vítimas de crises cardíacas, duplicando ou triplicando assim as suas hipóteses de sobrevivência. Em resumo, torna-se cada vez mais evidente que o magnésio consegue reduzir a tensão arterial, sem riscos.

LER ARTIGO COMPLETO »»

Os Benefícios do Cálcio

O cálcio é essencialmente reconhecido pelo seu papel biológico na constituição dos ossos, mas desempenha um papel menos evidente, no que diz respeito ao combate à hipertensão.

Cálcio baixa a tensão Arterial

Os cientistas procuram ainda explicar de que maneira é que o cálcio ajuda exactamente a fazer baixar a tensão arterial. No entanto, suspeitam que, tal como o potássio, tem qualquer coisa a ver com as células musculares do nosso organismo.

Com efeito, um consumo insuficiente de cálcio destrói o equilíbrio cálcico no interior e no exterior das células. A membrana celular torna- -se permeável, deixando assim penetrar o sódio e o cálcio. Um excesso de cálcio penetra portanto nas células e provoca uma constrição ou uma contracção das células musculares nas paredes arteriais.

LER ARTIGO COMPLETO »»

Os riscos do excesso de Potássio

Apesar de tudo o que dissemos de bem, não vá a correr comprar suplementos de potássio. Um excesso de potássio no sangue (hiperca- liémia) é bem mais grave e ameaçador para a vida do que uma carência em potássio (hipocaliémia).

Os riscos do excesso de Potássio

As pessoas que sofrem de insuficiência renal (deficiência dos rins) não conseguem eliminar o excesso de potássio na urina. Daí resulta uma acumulação de potássio no sangue, depois de se ter tomado uma refeição rica em potássio ou um suplemento.

As pessoas que sofrem de diabetes têm uma deficiência do rins que impede este órgão de regularizar as taxas de potássio. Para além de tais deficiências fisiológicas, muitos medicamentos podem igualmente perturbar o metabolismo do potássio e desencadear um aumento de potássio no sangue.

LER ARTIGO COMPLETO »»

Página 1 de 8012345...102030...Ultima »